Corretoras no PIX
Completa Integração do Sinacor com PIX e App de Pagamento

Com a publicação da Resolução CMN 4.871, que permite que as corretoras e distribuidoras de títulos e valores mobiliários atuem como emissoras de moeda eletrônica, com isso poderão oferecer a seus clientes serviços de pagamentos, que por consequência terão acesso ao novo sistema de pagamentos instantâneo o PIX.

Além da obvia possibilidade de fugir do horário do STR para as transferências de Cliente, possibilita o lançamentos de novos produtos.

O que fala a Resolução CMN 4.871?

  • A CTVM/DTVM se tornará uma IP podendo acatar e efetuar pagamentos;
  • Receber e transferir para diferentes titularidades;
  • A adequação é na escrituração da operação e não nos sistemas.

Transformar a Conta de Investimento em também Conta de Pagamento abre a possibilidade do Cliente utilizar a Conta Sinacor e os investimentos na CTVM como colateral dos seus pagamentos.

Como integrar o Sinacor ao PIX?

O PIX.4.SINACOR integra todas as funcionalidades exigidas pelo BACEN para adesão ao PIX, tanto no Internet Broker quanto no APP.

  • Integração Completa e Nativa com o SINACOR
  • Modelo de APP White Label
  • Se a sua CTVM/DTVM possuir outro SPB que não o da C&M Software não é empecilho para contratação do PIX.4.SINACOR

Quanto tempo demora para uma Corretora entrar no PIX?

Todos os clientes da C&M Software já foram homologados junto ao BACEN.

  • Produto e Data Centers de titularidade da C&M Software
  • Todos os QR Codes emitidos ficam em nossos Data Centers.
  • A Base da DICT de cada Instituição ficará depositada nos nossos Data Centers Código PIX Copia e Cola pagamento via PIX sem “SCAN”;
  • Operação e Suporte 7x24x365 desde 2.002;
  • Capacidade de Processamento de 34 milhões de transações dia.
  • Cronograma de Homologação no PIX inferior a 30 dias
  • Sem necessidade de LINKS especiais, nem mesmo RSFN ou Financial-NET

O que muda na minha corretora ao entrar no PIX?

Antes essas sociedades intermediárias só podiam deter contas de registros e essa contas não podem ter nenhum outro serviço adicional a não ser o de registro de operações.

Agora com a nova resolução as CTVM e DTVM poderão optar em utilizar contas de pagamentos, e ter disponível uma série de novo produtos e serviços a disposição, como cobrança (boleto), ao PIX, melhor gestão do patrimônio da instituição, pois as contas de pagamento mantêm os recursos não utilizado em patrimônio separado.

E como resultados, essas sociedades intermediárias conseguem competir igualitariamente com a demais entidades presentes na SFN.